quarta-feira, 24 de junho de 2009

Caminhos...

Não eram as nuvens que tapavam o sol naquele dia, a escuridão provinha de dentro dela. Um prazer que ela não conseguia mais renunciar. Estava maravilhosamente e apaixonadamente egoísta. Disposta a ceder à pressão, ela falou tudo o que havia em seu coração. Um coração que talvez não saberia abrigar um envolvimento tão intenso naquele momento.
.
Ela teria dificuldade em controlar esse sentimento que já a aterrorizava. Falaria com uma voz suave, diria palavras belas, palavras puras e sinceras. Pegaria sua mão. Entregar-se-ia para ele.
.
Nos primeiros encontros apenas conversavam. E se entendiam nas palavras ditas e nas não ditas também.
.
E, por fim, fizeram amor, não foi nada extraordinário a principio, mas isso não importava muito, porque seus corpos finalmente se tocavam. Depois iriam se acertar. Tinha sido apenas um começo, uma possibilidade de relaxar e respirar para o que ainda aconteceria. Um amor profundo com renúncia, compreensão e espera com benevolência ou uma paixão violenta com gritos, fugas, encontros e desencontros.
.
Qual caminho seguiriam?

15 comentários:

Varotto disse...

Ah, o futuro!

É tão mais fácil de lidar do que o presente ou o passado...

P.S.: Primeiro? Quanta honra...

Barbarella disse...

Varotto,

sabe que eu imagino você uma pessoa tranquila, numa moto estilo a shadow, assim como um motociclista que onde vai faz amizade e tal.... Não sei o porquê, mas fiquei com essa impressão.

viajei né?

É. Eu tenho essa mania...rs

**

Varotto disse...

Bom, no momento eu estou mais para o estilo pai, com cadeirinha no banco traseiro, e assistindo a todos os desenhos do Ben 10, do que para easy rider.

De qualquer forma, obrigado pela viagem. Nada como a distância dos olhos para atiçar a imaginação.

E, afinal, para que nos atermos a essa coisa de realidade, um detalhe técnico, se a imaginação é muito mais interessante? ;o)

Mas pelo menos a parte do tranquilo e de fazer amizades com facilidade, acho que você acertou.

Alguns detratores de minha imagem diriam que a tranquilidade só vai até aparecer algum assunto sobre o qual eu tenha alguma opinião mais forte (o que não é, exatamente, raro). Aí assume o lado Konga, a mulher gorila, e eu (quase) subo na mesa para fazer discurso.

Tirando isso, e minha recente tara por voltar a comprar LPs, acho que sou quase normal.

Varotto disse...

Ah! Esqueci de comentar: intenso, esse seu texto, hein?

E, embora ambos os caminhos tenham suas vantagens, acho que eu preferiria o primeiro.

Porém, como tudo na vida, há sempre o caminho do meio (sempre, ou quase, o melhor), que pega um pouquinho do que cada um tem de bom(e um pouquinho do pior também, mas quem se importa...).

Barbarella disse...

hahaha seu lado konga deve ser batante interessante...

eu também prefiro o caminho do meio, na verdade acho que começamos no caminho paixão e dependendo do relacionamento passamos para o segundo ou vice-versa. O importante é acontecer.

Mas nós seres humanos na maioria das vezes somos seres frágeis, não promovemos grandes escândalos, queremos apenas ficar com nossa solidão equilibrada para evitar possíveis fadigas.

Ouvi burburinhos de um futuro blog seu? que venha logo então, adoraria ler sobre suas idéias, histórias, contos, enfim...

**

Marina disse...

Escuridão é um termo bem vasto. Fiquei imaginando por que você o escolheu, mas acho que consegui pegar de primeira.

Não sei quanto ao final, mas parece um bom início para um relacionamento. Se não bom, ao menos mais real que o que se vê por aí.

Beijos!

Gilgomex™ disse...

o varotto escreve coentários que dariam fácil, fácil posts legais... mais cmo diria aquel menininho da praça é nossa: "Cê é lesado hein, tio?"

barbarella minha bela... tenho uma boa resposta para esta questão final:

Caminho das Indias (apesar de hoje em diaestar assistindo mais A Fazenda)

Sei que é incrível imaginar uma pessoa culta e séria como eu assistindo essas coisas, as...

Gilgomex™ disse...

e... er... essa viadagem, digo, viagem de barab e varotto, e essa rasgação de seda aí de cima também me lembraram de uma coisa... "Eu já usei Conga azul escuro!!!"

Barbarella disse...

ei... sem ciúmes Gil.

Você sabe que mora no meu coração sem pagar IPTU.

Barbarella disse...

ah, esqueci de dizer que esta foto supostamente dizem ser da Simone de Beauvoir... que sempre teve minha admiração.

Linda né...

Varotto disse...

Aí Barb (achei que Barbie era meio sacanagem), esse pessoal aqui se metendo na nossa conversa, hein?!

Acabaram com o clima...

Quero dizer, a Marina aparecer até vai. Só embeleza ainda mais o ambiente. mas um cara que usa conga azul escuro???

Aí já é muito broxante...

Via(da)gens à parte, eu vou acabar criando esse blog, mas depois, quando eu não tiver nada decente a escrever, vocês vão ter que engolir meu silêncio (Zagallo mode: on).

Se bem que na falta de idéias, a gente sempre pode plagiar o Rob.

Sobre a foto, eu já tinha reconhecido. Realmente, como dizia aquele sábio ogro: "não dispensava não!" (borracharia mode: on) ;o)

J. Araújo disse...

Que bom que rolou, acho que rolou não é o termo correto. As coisas ficam melhores ainda quando tem esse mistério envolvente.


A escuridão a que vc se refere de repente se iluminou cedendo lugar a aventura de uma paixão avassaladora; onde o que conta no final é o prazer estampado no sorriso nada inocente de cada personagem.

Ah, uma reclamação, porque vc está me boicotando hein?...mesmo assim voltei aqui...


Bj

Varotto disse...

Caríssima,

surpresa:

http://madogbr.blogspot.com/

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,

be disse...

華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,