terça-feira, 28 de setembro de 2010

Sobre Amores Inabaláveis

.


Algum tempo havia passado. Sua vida não era a mesma. A rotina tornara-se agradável. O silêncio era sua bebida. Meditar era o prato principal. Seu corpo estava mais leve. Seu olhar ficará mais sério, talvez mais profundo. Seus lábios mais macios. As roupas haviam sido trocadas. Livros novos comprados. Filmes revistos. Músicas catalogadas. Novas amizades surgiam. Passos mais demorados. Respiração espaçada. Incensos acesos. Ciclos em harmonia. Impulsos controlados. Sem expectativas. Um pouco de esperança. Talvez um ressentimento. Coração apaziguado. Sonhos reestruturados. Noites bem dormidas. A vida continuava. Tudo mudara. A impermanência gritou. Mas o amor nunca se acabou.
.

3 comentários:

Girl Teen ♥' disse...

Aah ,pena que nem todas as histórias terminam assim,como seria tãao boum se todo amor durasse pra sempre!http://girlteen-vip.blogspot.com/

Nathy disse...

Nossa, que lindo! Não tenho nem palavras para comentar seu texto breve, porém perfeito! :)

Layla Barlavento disse...

Amor deveria ser pra sempre, sempre. Sem espaço para excessões...

Beijos na alma!
Layla Barlavento
culpadowalter.blogspot.com