domingo, 16 de novembro de 2008

A última birita

Estava num bar perto do metrô, um inferninho, mudou sete vezes de dono, passou de mão em mão, primeiro para um nordestino, depois para um carioca, para um chinês, para um aleijado, depois para ...
.
Não lembro, só sei que o Jeff gostava daquele lugar. Passava a maior parte do tempo ali assistindo a um jogo qualquer pela televisão; claro que assistir em casa seria bem melhor, pensava ele, mas anos e anos de bebedeira demonstraram que biritar sozinho e em casa poderia ser perigoso.
.
O truque era saber o ponto de equilíbrio entre a solidão e a aglomeração, o golpe que precisava usar para não terminar num hospício. E assim estava ele, sentado num bar, morrendo de tédio, quando um amigo qualquer resolveu sentar-se ao seu lado.
.
- Olha, não deixa aquela mulher te acabar assim não cara, senão você acaba na merda. Não caia nessa.
-Fica tranqüilo, não pretendo jogar lixo na fossa.
- Que bom, mas é que você está abatido, parece triste.
- Claro, e estou mesmo, aquela vagabunda me traiu, e ser corno é pior do que ser “viado”, mas com o tempo isso passa. Quer uma cerveja?
- Lógico, mas você está com uma cara de ressaca danada hein, não vai parar de beber?
- Que remédio, se tenho que esquecer, ressaca é sempre melhor que prozac.
- Acho que você tem razão. Mas olha hoje quero que você conheça um colega meu, meu chapa Bandi, passou mais tempo lá dentro do que aqui fora.
- Em cana?
- Em cana e no hospício.
- Tremendo barato. Diz pra ele chegar até aqui então.
- Vou ligar para ele, se ele ainda não estiver de porre ele vem...

Na segunda Jeff não foi trabalhar, na terça também não, na quarta idem. Bem, para encurtar a história, ele nunca mais foi visto. Dizem que esse foi seu último dia de liberdade, pois hoje Jeff mora num presídio.
.
Seu crime, homicídio por motivo fútil e torpe, assim falou o juiz. Para Jeff, homicídio útil e libertador, porque agora podia dormir de alma lavada, pois matara seu pior pesadelo, o cara que o transformara em corno, o Bandi.
.
E assim, a noite que não prometia nada mas que aconteceu tudo terminou para jeff. Bem melhor que a maioria.
.

12 comentários:

Ígor Andrade disse...

Obrigado, Rejane!
Mas admito que você escreve muito melhor que eu. Melhor ainda é te ler bebendo... rs
Abração!

Dalleck disse...

Queremos livro já: Contos de Barbarella XD

Esses textos me emocionam ='(

George Marques disse...

Quero um exemplar desse livro autografado xD

cleitoncodzero disse...

Livro é!!!
eu quero,
o meu autografado e com dedicatória!!

Tyler Bazz disse...

\o/

Afinal, o que poderia ser melhor para curar o tédio do que um homicidiozinho leve? UHuhuhuhuhuh ;P

gilgomex disse...

além do fato de agora ele comer e dormir de graça... as custas do povo trabalhador, que paga seus impostos...
é assim mesmo.
a impunidade tem que acabar nesse país, quero ver esse caso...
agora...
na tela!
ops...

. fina flor . disse...

é difícil achar o ponto que nos permita não ir parar no hospício, rs*

beijos, querida e boa semana,

MM.

Marcio Sarge disse...

Moça?? Conto genial, com dozes de angustia e humor.

No fundo estamos todos a beira da loucura mesmo.

Beijos meu anjo.

Bruno disse...

Qualuqer dia eu levo uma cerveja pra ele lá. Deve estar sozinho, o Jeff no presídio.

Beijo

Laila disse...

Uma palavra: surpreendente.

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,

be disse...

華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,